Como proteger seu gato de pulgas e carrapatos?

Se há algo que causa desespero em todo papai e mamãe de gatinhos é pensar em ver o seu peludo com pulgas e carrapatos, não é? Sim, infelizmente esses parasitas estão no mundo para nos causar pânico, mas a boa notícia é que existe como proteger seu gato de pulgas e carrapatos e vamos te contar tudo nesse post!

Gato pega carrapato

Sim, infelizmente gato pega carrapato! Costumamos associar tanto o carrapato como as doenças transmissíveis por ele aos cães, não é? E isso se deve aos cachorros terem mais acesso às ruas e passeios do que os felinos que costumam ficar mais tempo em casa. Mas muitos gatinhos têm acesso ao jardim de nossas casas. Ou mesmo convivem com cães em casa que vão para o passeio e podem trazer os parasitas para dentro de casa.

Assim, são várias as formas que um gatinho pode ser infestado por carrapatos e, assim como em cães, eles mordem, sugam o sangue, causam coceiras, feridas e transmitem doenças fatais e zoonoses transmissíveis para o humano, como erlichiose felina ou a febre maculosa, entre outras.

Gato pega pulga

Assim como o cachorro, gato pega pulga sim! Elas podem vir de outros animais do convívio, de um passeio ou saída de casa qualquer e estão até na calçada de casa, após ter ‘caído’ do corpo de outro animal. E quando vêem o seu gatinho, pulam nele para se alimentar, vão para dentro da sua casa, onde colocam seus ovos e começa a infestação.

Não é simples lidar com isso, mas ao perceber pontos pretos na corpo do seu gato ou que ele coça muito determinadas áreas do corpo como atrás das orelhas, da cauda ou pescoço, é um grande alerta para pulgas em gatos, pois as picadas geram um incômodo grande para eles.

Então o ideal é inspeção minuciosa e, se encontrar, converse com seu veterinário para combater a infestação. E lembre-se: se o seu pet (seja cão ou gato) estiver com pulgas ou carrapatos, é fundamental fazer uma faxina minuciosa em casa para desinfetar a casa desses parasitas. Isso porque apenas 5% das pulgas, sobretudo, ficam no corpo do animal. Pois as larvas e pulgas jovens ficam no chão, se alojam em qualquer cantinho, se desenvolvem e depois pulam no animal novamente para se alimentar.

Como proteger seu gato de pulgas e carrapatos?

Certamente você não quer nem pensar em ter sua casa infestada de pulgas e carrapatos nojentos e nem ver seu felino passando por esse sofrimento e tendo a saúde comprometida, certo? Pois bem, saiba que é possível evitar! Vamos te contar 4 formas de como proteger seu gato de pulgas e carrapatos!

  1. Suplemento Nutricional Pet

O Suplemento Nutricional Pet, a base de pó de neem 100% natural é um repelente ativo e potente contra parasitas como pulgas, carrapatos e mais de 400 insetos que geram doenças como a Leishmaniose. Basta dar uma pitada diária do pó de neem junto a uma das refeições e pronto, seu gato já fica protegido e repelindo todo os insetos e parasitas externos, garantindo que sua casa e seus pets estarão livres de doenças.

  1. Óleo de Neem

O óleo de neem é outro poderoso ativo repelente de parasitas e insetos! Você pode passar diretamente no corpo do animal, para passeios e assim reforçar o efeito do Suplemento. Ou misturar no shampoo dele para uso no banho, massageando o corpo do animal com delicadeza, garantindo que, se houver algum bichinho malvado que passou despercebido, ele vai pular do corpo do seu gatinho por conta própria, pois eles não suportam o Neem.

  1. Vinagre branco ou de maçã

Assim como o óleo de neem, o vinagre branco ou de maçã gera o efeito repulsa nos parasitas e ao passar vinagre diluído em água em proporções iguais, no corpo do seu felino, os parasitas se sentem obrigados a saltar do animal, pois o vinagre é insuportável para eles.

Porém, é importante lembrar novamente que não adianta desinfetar o pet, é preciso desinfetar a casa, quintal e calçada para garantir que não eles não vou “se esconder” em sua casa e subir no pet novamente.

  1. Medicações

Há ainda as soluções farmacológicas que prometem prevenir seu pet de pulgas e carrapatos. Contudo tais medicamentos podem causar problemas estomacais e de fígado em seu animal, pois esses antiparasitários tem altas doses de veneno para matar os parasitas que picam o animal. Por isso, sobretudo para cães e gatos sensíveis, pode não ser indicado. Então, sugerimos acima algumas soluções naturais, sem contra indicações e com alta eficácia, assim como as medicações populares, e que ainda entregam outros benefícios.

Por exemplo: você sabia que o pó de neem é ótimo para prevenir tártaro em cães? E os benefícios do pó de neem na suplementação de gatos?

E então, gostou das dicas desse post? Conta para gente, como você faz para proteger seu gato de pulgas e carrapatos?

Foto: instagram so_para_gateiras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.