COMO ACALMAR CACHORRO

Olá pessoal! Meu nome é Riane, sou adestradora da @caoeequilibrio e mamãe de 6 peludinhos maravilhosos. Hoje venho trazer dicas de como acalmar cachorro, só quem é mamãe e papai de pet sabe o quanto pode ser difícil conseguir acalmar nossos cães quando estão em situações de descontrole emocional, não é mesmo? Espero que essas dicas consigam facilitar um pouquinho esses momentos que podem ser tão estressantes para o cãozinho e para o tutor.

Como acalmar cachorro com medo

Você já chegou a se perguntar porque às vezes cães ficam agressivos ou muito assustados? Existem diversas causas que podem levar um cão a sentir-se ameaçado. Mas nesse momento vamos conversar sobre como acalmar cachorro com medo. O que fazer quando nossos pets estão tão apavorados a ponto de reagirem ou se esconder? Uma das primeiras coisas que eu procuro me perguntar é: 

  1. O que está sendo gatilho para esse comportamento? 
  2. Aconteceu alguma coisa horas antes? 
  3. Como está a leitura corporal dele? 

Essa avaliação é importante para que você possa não apenas acalmar seu cachorro naquele momento, mas também para te ajudar a evitar que isso volte a acontecer. Depois dessa primeira avaliação o ideal é que você afaste seu pet do estímulo que está causando medo. Lembre-se que enquanto ele estiver com medo não haverá aprendizado. Então o ideal é afastar e mesmo depois de afastar o cãozinho do estímulo não significa que ele irá se acalmar instantaneamente. Por isso tenho algumas dicas que podem ajudar você a conseguir acalmar seu cachorro com medo:

  1. Faça atividades de roer e de faro, ajudam a acalmar;
  2. Brinque com seu pet de perseguição, com uma pelúcia ou algo do tipo isso fará o instinto de caça seja aguçado e vai se sobrepor ao medo;
  3. Demonstre proteção, se o seu cão gostar de ser abraçado, ou gostar de colo, pegue sem medo, ele precisa se sentir seguro;
  4. Musicoterapia sempre ajuda na maioria dos casos, uma música mais lenta e instrumental pode facilitar o processo;
  5. Você sempre pode fazer o uso do adaptil, um feromônio maternal que traz sensação de segurança e tranquilidade.

Como acalmar cachorro estressado:

Todo comportamento, na verdade, é um sintoma de algo que não está legal para o nosso pet no dia a dia. Então a primeira dica para acalmar um cachorro estressado, com medo ou agitado sempre será: OBSERVE OS GATILHOS.

Um cão estressado é um cão que está gritando por ajuda, então é imprescindível que o escutemos. Existem vários motivos que podem levar um cãozinho a ficar estressado, vou dar alguns exemplos para vocês:

1. Cadelas no cio;

2. Rotina pobre de enriquecimento ;

3. Falta de atividade física;

4. Problemas hormonais ou de saúde (que causem dor);

5. Falta de confiança no tutor e no local que vive.

Descobriu o motivo que está levando seu pet a ficar estressado? Agora podemos trabalhar para acalmá-lo: 

  1. Fazer um passeio longo estimulando o faro;
  2. Criar uma safe zone, um espaço onde o cão entenda que ninguém vai ficar invadindo;
  3. Enriquecimento ambiental diário;
  4. Castração;
  5. Treinar alguns comandos pode ajudar a ativar a parte cognitiva cerebral do seu pet diminuindo o estresse.
  6. Florais são ótimos quando estamos tratando as emoções dos nossos filhos peludos.
  7. Estabeleça uma rotina e siga, não adianta fazer apenas no momento e depois nunca mais repetir. Isso porque cães são animais que precisam de atividades físicas e cognitivas em dia.

Acalmar um cão estressado requer bastante consistência e paciência! Até porque estudos indicam que quando um cão está estressado ou passou por alguma situação negativa ele pode demorar em média 72 horas para retomar ao estado de homeostase (equilíbrio). Inclusive cães que morderam seus tutores têm 3 vezes mais chances de uma rescindida dentro desse período de 72 horas. Por isso é tão importante determinar os gatilhos para que seja o mais fácil possível conseguir trazer nossos pets ao estado de calma.

Como acalmar cachorro agitado

Muitos tutores vêm até mim perguntando: “Tia Ri, como faço para acalmar meu cãozinho? Ele é agitado demais!” E a primeira coisa que eu faço é avaliar a rotina desse pet, está de acordo com as necessidades básicas daquele cão? Todos sabemos que cada raça tem a sua necessidade, especialmente porque cada um foi criado com uma missão. Por exemplo, Golden foi criado para buscar aves caçadas tanto na água quanto na terra. Enquanto o border collie foi criado para pastorear e assim sucessivamente. Não podemos esperar que tiraremos esses cães do seu habitat natural, colocaremos eles em um apartamento e serão cães felizes e equilibrados, né?

Mas eu sei que a maioria das pessoas não desejam ouvir que deve olhar para dentro da rotina diária do pet, todo mundo quer dicas práticas, diretas e funcionais. Então vamos lá?

  1. Pesquise sobre as tarefas que seu cão foi criado para desenvolver;
  2. Estabeleça uma rotina e cumpra;
  3. Enriquecimento ambiental é essencial;
  4. Treine a calma com seu cãozinho, elogie e recompense ele toda vez que ele deitar para descansar;
  5. Não hiper estimule seu cão, ao contrário do que muitos pensam se você hiper estimular um cãozinho a tendência é criar um cão hiperativo! E isso não ajudará em nada na sua missão de acalmar seu cachorro agitado, muito pelo contrário ele só vai começar a exigir cada vez mais atividades;
  6. Treine comandos com ele. Pois isso vai facilitar muito a comunicação;
  7. Evite punir, gritar ou dar broncas. Pois tudo isso gera ainda mais ansiedade;
  8. Florais podem ajudar, mas dependendo do caso o mais indicado é procurar ajuda de um médico veterinário comportamental;
  9. Pingue algumas gotinhas de óleo essencial de lavanda na caminha ou em uma bandana, a lavanda acalma e diminui a ansiedade.

Dica extra: 

E aí gostou das dicas de como acalmar cachorro? Então vai mais uma extra: Sempre quando avalio um cão ansioso, medroso, agitado ou estressado procuro olhar para a personalidade dos tutores, existe o que chamamos de: CONTÁGIO EMOCIONAL.

Mas o que é isso? Diz que uma pessoa pode contagiar a outra dependendo de como estiver seu emocional. E em alguns casos somos nós tutores que estamos contagiando a energia do local e cães são animais extremamente sensíveis. Então, eles imediatamente acabam pegando algo que não lhes pertence.

Por isso, quando você perceber que seu cão está desequilibrado procure acalmar-se primeiro, respirar fundo, falar baixo e garanto que já vai resolver em 30% o problema. Me conta nos comentários o que você costuma fazer para acalmar cachorro em casa em uma dessas situações. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *