Neem para diabetes

Já comentamos sobre os benefícios do neem para a saúde, inclusive sobre seu auxílio no combate ao diabetes. Mas o assunto é tão interessante que vale um post sobre o neem para diabetes, não acha? Por isso, aqui vamos explicar o que é a diabetes e o papel do neem no tratamento dele. Vamos lá?

O que é a diabetes?

Diabetes é uma doença crônica que acomete pessoas, cães e gatos de qualquer idade e causa cerca de 1,6 milhões de mortes humanas no mundo todos os anos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Ela acontece quando o corpo não é capaz de produzir insulina ou não consegue trabalhá-la de forma adequada no organismo.

E o que é a tal insulina? Trata-se de um hormônio produzido pelo pâncreas e responsável por controlar a quantidade de glicose no sangue. E por se tratar de glicose (açúcar) que tanto relacionamos a diabetes com consumo de doces e carboidratos.Isso porque é por meio da insulina que o corpo absorve a glicose presente nos alimentos da nossa dieta (ou da dieta do seu pet).

Então, quando há o diabetes, o corpo não consegue absorver e aproveitar a glicose da forma correta, deixando um acúmulo de glicose no organismo. Por isso o índice glicêmico do sangue fica muito alto, causando a hiperglicemia.

Embora não tenha cura, a diabetes pode ser controlada com tratamento e dieta adequada. E a falta de cuidados pode gerar prejuízos a órgãos como o coração e os rins, além dos olhos, vasos nervosos e circulação sanguínea.

Existem 2 tipos de diabetes, a Diabetes Mellitus Tipo 1 e a Tipo 2. Entenda mais sobre elas:

Diabetes Tipo 1

Conhecida como Diabetes Infanto-Juvenil, é mais comum em pessoas até 35 anos de idade, sendo uma doença crônica que ocorre por destruição auto imune de células do pâncreas, chamadas de células beta. Estas são as responsáveis pela produção de insulina que são atacadas pelo sistema imunológico, como se fossem invasoras.

Essa batalha faz o organismo criar anticorpos contra as células beta, causando perdas progressivas dessas células no corpo e assim diminuindo cada vez mais a capacidade do organismo de produzir insulina.

Quando isso acontece, os sintomas de diabetes começam a ser notados e há a necessidade de uso de insulina exógena, e assim conseguir regular as taxas glicêmicas do organismo.

Diabetes Tipo 2

Embora ambos os tipos de diabetes possam ser hereditários, no caso da Diabetes Tipo 2, normalmente ela é adquirida e tem se tornado um problema de saúde pública mundial e tem relação com hipertensão arterial e problemas vasculares e tem como principais causas, além da herança genética, o sedentarismo e a obesidade. Isso tanto em humanos como em pets.

No diabetes tipo 2 acontece um movimento chamado insulinorresistência, onde a insulina produzida pelo organismo não atua como deveria, diminuindo suas ações em órgãos como o fígado, musculatura e tecido adiposo. Logo, com a insulina trabalhando de forma ineficaz, há o aumento desse hormônio no sangue e o agravamento da doença pode evoluir para uma intolerância à glicose seguida da hiperglicemia de jejum. Ou seja, há um excesso de glicose (açúcar) no sangue pela manhã, com taxas mais altas nesse período.

Tratamento com neem para diabetes

Agora você já entende o que é o diabetes e como ele funciona no organismo. Mas o neem pode ajudar no tratamento e controle do Diabetes? Sim, de acordo com estudos indianos publicados no Indian Journal of Physiology and Pharmacology, o Neem e seu bioativo Azadirachta, podem ser úteis no controle glicêmico, pois ajudam a reduzir a glicose no sangue. Portanto, podemos dizer que é possível ter um tratamento colaborativo do neem para diabetes.

Isso acontece, porque o neem tem como efeito a limpeza do sangue, o que o faz eliminar o excesso de glicose, segundo tais estudos. Além disso, ele é rico em nutrientes importantes para o organismo, como:

  • Vitamina A e C: estas são antioxidantes e por isso ajudam a insulina a trabalhar melhor no organismo, controlando os níveis glicêmicos do sangue.
  • O cálcio é fundamental para os diabéticos, pois a doença faz o organismo perder minerais rapidamente, levando-os a fortes dores articulares e musculares. Por isso, a reposição do cálcio ajuda a cuidar da qualidade óssea.
  • Ferro: Um dos fatores de risco para desenvolver diabetes é a falta de ferro no organismo, por isso, o consumo de Neem para diabetes colabora para manter os níveis de ferro elevados.
  • Flavonoides: estes, por fim, são antioxidantes e anti inflamatórios naturais que ajudam a manter o corpo em equilíbrio e livre de inflamações.

Para uso do neem como colaboração ao tratamento de diabetes(deixando claro que ele pode ajudar, mas não substitui qualquer tratamento médico e antes do consumo recomendamos conversar com seu médico) você pode:

  • Mastigar 4 folhas in natura por dia
  • Consumir 1g de pó de neem a cada 20kg do pet ou do humano
  • Consumir cápsulas de acordo com seu peso.
  • Ou fazer um chá de neem e consumir pelo menos 2 xícaras ao dia.

Assim o neem será um aliado no controle dos níveis de glicose no sangue e reduzirá as chances de complicações.

E então, conhece algum humano ou pet com diabetes? Mande esse post para ele e ajude-o a ser mais saudável usando o neem para diabetes.

One thought on “Neem para diabetes

  1. Edinei de Souza Passos da Silva says:

    Amei o post pois tenho uma cachorrinha diabética, tratada com insulina, mais esta com tártaro e tinha dúvidas se poderia dar Neem pet para ela

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.