Vacina para gato

Vacina para gatos

Quem tem um gatinho em casa provavelmente já se perguntou qual é a vacina para gato que é necessário aplicar anualmente e qual a importância desta vacina. Poucas pessoas sabem da necessidade de vacinar os gatos e que é necessário fazer isso pelo menos 1 vez por ano. Para assim manter seu gatinho saudável e livre de doenças. Por isso, aqui vamos te explicar tudo sobre vacina para gato

Importância da vacina para gato

Os tutores geralmente possuem a ciência de que os filhotes precisam tomar vacina. Mas acabam achando que quando adultos, os gatos não precisam de vacina. Assim como nós, eles também precisam renovar as doses das vacinas. Porém, com maior frequência que nós. Geralmente os gatos precisam tomar vacinas anualmente, para se manterem saudáveis. A vacina para gato é de extrema importância, pois pode prevenir doenças fatais que não possuem tratamento como a raiva e que é transmitida para humanos. Por este motivo que a carteirinha de vacinação do seu gatinho deve sempre permanecer em dia.

Outro motivo para manter a carteirinha de vacina do seu gato em dia é que por prevenir que seu amigo fique doente, ela ajuda no bem estar e na longevidade do seu pet. Fazendo com que ele permaneça longos anos e saudável ao seu lado.

Vacina antirrábica

Como o hábito de caçar nos gatos é muito maior que nos cães, isso pode se tornar um risco à família. Isso porque quando os gatos caçam, eles vão atrás da presa, sem saber se estão doentes ou não. Sendo assim, podem acabar trazendo doenças fatais tanto para eles quanto para nós. Este é o caso da raiva, uma doença fatal que os gatos podem se contaminar através do contato com animais silvestres ou não imunizados.

A raiva é considerada uma zoonose, sendo assim, ela afeta tanto os animais quanto os humanos, por isso a importância da vacinação para o gato. 

A primeira vacina antirrábica para gatos deve ser aplicada quando ele ainda é um filhote, geralmente por volta dos 4 meses de idade, junto com a terceira dose da vacina polivalente. Esta vacina não pode ser aplicada antes, pois o sistema imunológico do seu amigo pode não estar preparado para receber a vacina. Outro ponto importante é que somente após 21 dias que seu pet estará imunizado, antes deste período o corpo está produzindo células de defesa contra o agente.

A vacina para gato antirrábica deve ser aplicada anualmente para que seu pet fique saudável e não se contamine. Procure um veterinário para realizar a vacinação ou atualização da carteirinha.

Vacina para gato – V4

A vacina V4 é uma das mais importantes para os gatos, pois é a partir dela que eles conseguem imunidade para algumas doenças que podem ser transmitidas entre eles. As doenças que podemos encontrar nesta vacina são:

  • Rinotraqueíte: É uma doença provocada por um herpesvírus. Ela é altamente contagiosa e extremamente perigosa para os filhotes, gerando risco de óbito. Os principais sintomas desta doença são: secreções nasais, conjuntivite, febre alta, salivação em excesso, falta de apetite e rinite. 
  • Calicivirose: Possui sintomas parecidos aos da rinotraqueíte. Porém, seu maior sinal são a presença de úlceras na cavidade oral dos gatos, sendo altamente contagiosa. Também é causada por um herpesvírus.
  • Clamidiose: É uma doença que afeta primeiramente os olhos do gato com uma conjuntivite e passa a apresentar sintomas respiratórios como espirros, pneumonia, dificuldade de respirar, entre outros sintomas.
  • Panleucopenia: Ela provoca vômitos, inapetência, diarreia, febre, prostração e pode causar incoordenação motora em filhotes. A principal fonte de infecção é por meio de objetos contaminados ou contato com outros gatos doentes.

Por isso é necessário manter o protocolo de vacinação do seu pet sempre em dia. A primeira dose de vacina deve ser aplicada entre 45 a 60 dias, com um intervalo de 1 mês entre as doses. Devem ser aplicadas um total de 3 doses no filhote.

Existe no mercado uma vacina melhor que a V4, que é conhecida como V5, vamos falar mais sobre ela.

Vacina para gato – V5

Esta vacina para gato é atualmente a mais completa para aplicar no seu pet, pois ela possui uma doença a mais que é de extrema importância que seu pet possui imunidade para não contrair. Esta doença que a V5 possui a mais é a:

  • Leucemia Felina (FeLV): Uma doença viral, altamente contaminante, que causa grandes problemas imunológicos. As principais formas de contágio são pela saliva, urina e fezes de outros gatos contaminados. Os principais sintomas são: dificuldade de cicatrização, perda de peso, imunidade baixa, problemas reprodutivos, entre outros.

Porém, é necessário que seu gatinho passe por um teste de FeLV para ver se ele não é  positivo para esta doença, pois esta vacina para gato possui como restrição não ser aplicada em animais positivos para esta doença. Isso porque um dos componentes é o vírus inativado. Caso você já tenha realizado o teste no passado, é necessário realizar a cada revacinação que o pet for fazer, pois mesmo vacinado, ele pode se contaminar, mesmo sendo menor esta chance. O reforço da V5 deve ser anual, assim como com a V4.

Se você gostou deste post, compartilhe com seus amigos gateiros, para que eles conheçam a importância da vacina para gato e saibam as diferenças entre elas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *