Dia do Veterinário

Dia do Veterinário

Uma das datas mais importantes do calendário pet é o 9 de setembro, Dia do Veterinário! Afinal, é neste dia que comemoramos a escolha de uma das profissões mais apaixonada pelos animais. Cada veterinário dedica anos da sua vida na faculdade e especializações que permitem a nós, tutores, termos suporte e orientação necessária para zelar pelo bem estar e saúde dos nossos filhos de pelos e penas. Vamos saber mais sobre esse dia?

Qual é o dia do veterinário?

O dia do veterinário é comemorado dia 9 de setembro. Mas por que esta data? O dia 9/9 foi escolhido porque em 1933, neste dia, a profissão do veterinário foi regulamentada no Brasil, a partir de um decreto assinado que regularizou também o ensino da medicina veterinária.

Desde então, passamos a ter um dia para reconhecer o trabalho, estudo e dedicação dos médicos dos animais, em prevenir patologias, cuidar do bem-estar, curar e controlar doenças, promovendo saúde e longevidade a cada animalzinho.

E vai além, o médico veterinário não cuida apenas da saúde animal. Afinal, quem nunca fica fortemente abalado quando tem um pet doentinho? Eles explicam, confortam, orientam a família e tem um papel de apoio e suporte aos humanos que fazem toda a diferença. 

Isso porque o veterinário sabe da importância dos pets em nossos lares e que muitos têm uma missão que vai além de ser o pet casa, como cães guia, pet de apoio emocional em tratamento humano para transtornos psicológicos (como ansiedade ou depressão), etc.

E o time de veterinários no Brasil é grande! Segundo dados de 2018 do Conselho Federal de Medicina Veterinária, existem mais de 124 mil veterinários ativos em nosso país. O crescimento de profissionais dá-se também pela oportunidade de mercado, visto sermos o 3º maior mercado pet do mundo, atrás apenas de Reino Unido e EUA.

Áreas da medicina veterinária

Após 5 anos de faculdade, o veterinário pode atuar como profissional clínico. E embora o veterinário mais buscado pelos tutores ainda seja o clínico, a verdade é que existem inúmeros especialidades, como:

  1. Cardiologista: Assim como nós, os pets também precisam cuidar da saúde do coração. Além disso, o veterinário cardiologista é quem faz exames como eletrocardiograma antes de cirurgias.
  2. Oftalomologista: O veterinário oftalmologista é quem zela pelos olhinhos dos pets, investigando e corrigindo problemas como entropio, catarata, olhos de cereja ou mesmo excesso e falta de lágrimas.
  3. Acupunturista: A acupuntura pode ser utilizada nos pets para diversos tratamentos. No entanto, é mais comum para controle de dor e problemas ortopédicos.
  4. Dermatologista: pets com alergias, feridas, problemas de fungos e bactérias, normalmente precisam do veterinário dermatologista para cuidar da saúde da pele.
  5. Endocrinologista: os pets também desenvolvem problemas hormonais e relacionados, precisando de tratamento com o endocrinolosta para problemas com tireóide, diabetes e síndrome cushing, por exemplo.
  6. Fisioterapeuta: pets com problemas articulares e de locomoção podem ter a fisioterapia como parte do tratamento, seja para recuperar movimentos ou tratamento pós cirurgia ortopédica, por exemplo.
  7. Oncologista: o veterinário oncologista trata animais com tumores malignos ou benignos, indicando e acompanhando tratamentos que podem ser desde medicações, quimioterapia, radioterapia e até cirurgia para retirada do tumor, como é comum no câncer de mama em cães e gatos.
  8. Nefrologista: o veterinário nefrologista cuida de problemas renais e  de trato urinário, muito comuns em gatinhos, por exemplo.
  9. Ortopedista: o veterinário ortopedista trata de problemas ósseos e articulares do pet que vão desde uma patinha quebrada a até doenças como displasia, artrite, artrose, luxação de quadril, etc.
  10. Nutrologista: o veterinário nutri é responsável pela saúde alimentar do pet e muito buscado para pets obesos, com alergias alimentares ou em transição de ração para AN.

Saúde animal: quando visitar seu veterinário?

Além de mandar uma mensagem de parabéns e agradecimento pelos cuidados do seu veterinário todo dia 9 de setembro, é importante marcar uma consulta em determinadas situações para garantir a saúde do seu pet, veja só algumas dicas importantes quanto a isso:

  • Consulta de rotina: o ideal é que você faça uma consulta de rotina a cada 3 ou 6 meses com seu pet para sempre estar em dia e prevenir qualquer tipo de alteração.
  • Check up anual ou semestral: Além das consultas preventivas, realizar um checkup com exames laboratoriais que incluem hemograma completo, exames para verificar saúde hepática e renal do pet, glicemia, e níveis de componentes importantes como fósforo e sódio, são importantes. Mas a depender da idade do pet e do seu quadro clínico, exames como eletrocardiograma, ultrassom e raio X podem ser importantes.
  • Vacinação anual: manter a carteira de vacinas atualizada é fundamental para a saúde do seu pet, tanto para as vacinas nacionais obrigatórias como as que previnem possíveis doenças em regiões endêmicas, como contra leishmaniose
  • Sinais de desconforto: um sinal muito comum de algo está errado com seu pet e ele precisa de seu veterinário é quando ele se mostra desconfortável, irritado ou mesmo atacando outros animais e “seus humanos de estimação”. A alteração de humor do pet pode ser um sinal importante de dor, inflamações entre outros problemas.
  • Falta de apetite e apatia: se seu pet para de comer ou de brincar normalmente, busque um veterinário. É comum acharmos que ele pode estar enjoado do alimento ou sem fome, por exemplo. mas a verdade é que esses sinais são fortes indícios de problemas de saúde e quanto antes descobrir mais rápido, possível e barato de tratar.

E então, ,já mandou parabéns pelo dia do veterinário e marcou sua consulta de rotina?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *