Coronavirose Canina

Você já deve ter ouvido falar da coronavirose canina, certo? Pois bem, é uma doença viral que ataca principalmente o intestino dos cães e tem sido confundida com o coronavírus humano atual, conhecido como Covid19. vamos desfazer a confusão e entender os sintomas e o que é coronavirose canina?

O que é coronavirose canina?

Assim como no caso humano, a coronavirose canina é uma doença causada por um vírus. No caso canino esse vírus ataca principalmente o intestino de animais jovens, enquanto no caso humano, o foco principal é o sistema respiratório em populações idosas. Embora seja possível afetar também o sistema respiratório em cães.

Isso porque há 2 tipos de coronavirus que causam coronavirose canina:

  • O mais comum é o coronavírus Entérico Canino (CCoV), que infecta as células do intestino, causando inflamações de leve a grave após o período de incubação que vai de 18 a 73 dias no pet.
  • O segundo vírus é o Coronavírus Respiratório canino (CRVoV), que causa problemas respiratporios no cachorro mas esse é bem menos comum.

Embora a grande maioria dos cães  se salvem, o grande problema da doença está na dificuldade de diagnóstico, pois normalmente ela vem acompanhada de outras doenças, dificultando a descoberta.

Causas e transmissão da doença

Um pet infectado por coronavirose canina libera o vírus junto com as fezes no ambiente. Por isso é muito importante não permite que o seu cachorro cheire fezes de outros animais na rua, para evitar a transmissão.

Além disso, principalmente em casas com mais de um 1 pet, precisa manter o ambiente e utensílios desse cão infectado em isolamento. isso porque todo objeto que o cão usa pode ser contaminado por secreções nasais e saliva que pode ser cheirado ou lambido pelo outro pet e assim transmitir a coronavirose. Portanto, mantenha isolado e higienize sempre comedouros, bebedouros, caminhas, colchonetes, brinquedos, cobertores, coleiras e qualquer item que o animal doente tenha acesso ou uso antes de permitir que o outro pet chegue perto e também para reutilizar com o animal infectado.

Os pets mais acometidos são os filhotes, devido a fragilidade deles, e animais adultos com imunidade comprometida por qualquer motivo e tendo sinais como vômito e diarréia como alertas importantes, pois a doença não pode ser negligenciada, por ter risco de morte. 

Sintomas de coronavirose em cães

Os sinais da coronavirose canina mudam de acordo com o tipo de vírus contraído pelo pet.  Veja quais são os sintomas mais comuns para cada um deles: 

Coronavirus Entérico Canino (que afeta o intestino):

  • Vômito.
  • perda de Apetite
  • Desidratação
  • Diarréia intensa e fétida
  • tremores
  • Febre
  • Depressão

Para os casos de Coronavírus respiratório, os sintomas mudam no pet e se aproximam dos sintomas humanos:

  • Tosse
  • Descarga nasal

Prevenção e vacina

A principal forma de prevenir coronavirose canina é administrando a vacina V10 de procedência confirmada, com o veterinário da sua confiança. O pet filhote precisa sim ser vacinado na época certa e receber os 3 reforços de V10 a cada 21 dias, além do reforço anual na fase adulta, para manter a proteção contra essa e várias outras doenças sérias e graves. Porém, a vacina é focada apenas no vírus que acomete o intestino e não protege contra o vírus respiratório canino, por isso manter a alta imunidade é importante.

Além disso, manter seu pet saudável, bem alimentado, com higiene adequada e alta imunidade é essencial para evitar doenças e, mesmo que elas cheguem, que ele esteja com o organismo forte para abrandar os efeitos dela e ter boas respostas aos tratamentos indicados. Para isso, recomendamos fortemente a suplementação alimentar do cachorro com pó de neem, que além de não afetar o organismo do cão por não possuir nenhum tipo de química, protege o pet contra parasitas, insetos e eleva a imunidade do cão, que vai ajudá-lo a manter-se a salvo dos coronavírus de todos os tipos. Já conhece o Suplemento Nutricional Pet?

Recomendações em caso de animais doentes

  • Isole o pet dos demais, para evitar transmissão.
  • Limpe e desinfete o ambiente dele com frequência.
  • Reforce a hidratação.
  • Higienize e desinfete os objetos de uso do pet a cada utilização.
  • Não se assuste, o animal pode recuperar o ânimo e condições físicas mínimas após alguns dias da doença, mas a diarreia moderada ou aguda pode se prolongar por semanas.

One thought on “Coronavirose Canina

  1. Pingback: Diferença das vacinas V8 e V10 - Pet Total Neem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *