Cachorro pode comer gelatina?

Cachorro pode comer gelatina?

Você já se perguntou se seu cachorro pode comer gelatina? Bom perguntamos a Dra. Mariana Teixeira e a resposta dela foi que sim! Nossos cachorros podem comer gelatina, porém, não é qualquer gelatina! A Dra. Mariana deu dicas sobre quais gelatinas são permitidas e vamos compartilhar com vocês. 

A gelatina pode ser um excelente petisco para o pet e ela também é grande aliada em melhorar a saúde dele. Isso porque a gelatina possui propriedades que auxiliam a proteção cerebral, atua como anti inflamatório e pode auxiliar a reduzir crises convulsivas. A Dra. Mariana ainda comentou que “a gelatina é um ótimo petisco para cães com problemas articulares, como displasia ou luxação de patela”. Vem conhecer quais gelatinas seu cachorro pode comer e tem um bônus de uma receita de gelatina rica em colágeno.

Cachorro pode comer gelatina colorida?

Os cães não podem comer a gelatina colorida, pois possuem alto teor de açúcar e corantes, sendo muito prejudiciais à saúde do seu pet. Por isso passe sempre longe dessas gelatinas, até mesmo as que se dizem zero açúcar. Pois normalmente possuem xilitol que é um adoçante tóxico para os cães. Portanto, opte sempre por gelatinas mais naturais. 

Cachorro pode comer gelatina sem sabor?

Por ela não possuir sabores artificiais e nem possuir acréscimo de outros produtos, ela pode sim ser oferecida aos pets, mas sempre com moderação. Como a gelatina é preparada com água, ela também auxilia os cães a ingerirem uma maior quantidade de água.

Vamos deixar uma receitinha aqui de como preparar a gelatina sem sabor para o seu pet.

Ingredientes:

  • 1/2  xícara de gelatina sem sabor
  • 1/2 xícara de caldo de carne natural frio (receita aqui neste posti)
  • 1 1/2 xícara de água ou caldo de carne quente

Modo de preparo:

Coloque a gelatina em uma vasilha de vidro e adicione o caldo frio. Então eserve por 1 minuto para que ela amoleça. Depois despeje o líquido fervente sobre a gelatina amolecida e mexa até que a mesma se dissolva completamente. Este processo dura cerca de 5 minutos. Para que a gelatina endureça, leve a geladeira. Quando estiver pronta, você pode cortar em tiras e oferecer ao pet.

Vamos deixar também uma receita de gelatina rica em colágeno e natural.

Receita de gelatina rica em colágeno

Existe uma receita 100% natural para os cães que é altamente rica em colágeno e pode ser utilizada por pets que possuem restrição à carne bovina. Ela pode durar até 15 dias na geladeira e os cães amam!

Ingredientes:

  • 10 pés de frango
  • 2 litros de água ou até cobrir um pouco a mais os pés
  • Pedaços de carne de frango (opcional)

Modo de Preparo:

  • Coloque os pés de frango para cozinhar em uma panela de pressão com a água cobrindo os pés, espere cozinhar bem. O ponto ideal é quando o pé estiver bem mole que dê para pegar com um garfo.
  • Depois coloque tudo no liquidificador e bata bem.
  • Após este processo coe o caldo bem para que nenhum fragmento do osso fique presente na gelatina. Esta é uma das etapas primordiais, pois os pedaços de ossos cozidos podem fazer mal ao cão. 
  • Despeje todo o líquido em um pote ou em forminhas de gelo, leve a geladeira. Após 40 minutos está pronto para servir.
  • Você também pode optar por congelar e oferecer os cubinhos congelados como enriquecimento ambiental.
  • Para deixar ainda mais nutritivo, sirva a gelatina com a pitada diária de Suplemento Nutricional da Total Neem para o seu pet.

Contra indicações da gelatina para os cachorros

Cachorro pode comer gelatina, porém para cães com intolerância à carne de boi é contra indicado o uso da gelatina incolor, pois o processamento da gelatina incolor é a partir da raspagem da pele e do couro bovino. O colágeno é extraído, filtrado e seco antes de ir para a moagem para formar o pózinho. Já os pets que possuem intolerância ao frango o ideal é não oferecer a gelatina feita com pés de frango para evitar alguma alergia. 

Nunca ofereça gelatinas coloridas para os cães, pois a presença de corantes artificiais, açúcar e xilitol são altamente tóxicos para os cães. Podendo causar alterações comportamentais e piora de quadros neurológicos.

A gelatina também é contraindicada para pets com intolerância ou hipersensibilidade a proteínas tanto de boi e/ou frango. Cães que possuem restrição dietética a proteínas, como pets nefropatas, portadores de shunt e cães que formam cálculos renais. 

Quantidade de gelatina para cada cachorro

É extremamente necessário saber a quantidade de gelatina que seu cão pode consumir por dia, para que não haja excesso de colágeno. Por isso, veja estas indicações e enquadre no peso do seu pet:

  • Cães até 5 kg: 1 colher de café, duas vezes ao dia
  • Cães entre 5 kg a 12 kg: 1 colher e 1/2 de chá duas vezes ao dia
  • Cães de 12 kg a 25 kg: 3 colheres de chá duas vezes ao dia
  • De 25 kg a 36 kg: 6 colheres de chá 2x ao dia
  • De 36 kg a 50 kg ou mais: 3 colheres de sopa duas vezes ao dia

Lembrando que você pode oferecer uma porção total uma vez ao dia, se preferir.

E aí gostou das informações e das receitinhas? Comente aqui se já ofereceu gelatiba para o seu cachorro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *